Zé Henrique e Gabriel – Som Do Sertão

Zé Henrique e Gabriel - Som Do Sertão

Zé Henrique e Gabriel – Som Do Sertão

Letra:

Hei seu moço, eu sou o Zé
Zé violeiro, Zé do mundo
Sou da estrada, sou do trecho

Tenho mais do que mereço
Vivo cada segundo

Agradeço a Deus, o dom que ele me deu
Agradeço a Deus, o dom que ele me deu

Esse som de viola que aprendi tocar
É o som do sertão são as coisas de lá

Vai no fundo da alma onde nasce a paixão
E derrama dos olhos o amor que não cabe
Mais no coração

Hei seu moço, sou o Gabriel
Assim eu vou tocando em frente
Vivo um sonho de menino
Desvendando meu destino
Sempre com Deus na mente

Agradeço a Deus, o dom que ele me deu
Agradeço a Deus, o dom que ele me deu

Hei seu moço, eu sou o Zé
Zé violeiro, Zé do mundo
Sou da estrada, sou do trecho

Tenho mais do que mereço
Vivo cada segundo

Agradeço a Deus, o dom que ele me deu
Agradeço a Deus, o dom que ele me deu

Esse som de viola que aprendi tocar
É o som do sertão são as coisas de lá

Vai no fundo da alma onde nasce a paixão
E derrama dos olhos o amor que não cabe
Mais no coração

Hei seu moço, sou o Gabriel
Assim eu vou tocando em frente
Vivo um sonho de menino
Desvendando meu destino
Sempre com Deus na mente

Agradeço a Deus, o dom que ele me deu
Agradeço a Deus, o dom que ele me deu

Agradeço a Deus, o dom que ele me deu
Agradeço a Deus, o dom que ele me deu